terça-feira, agosto 14, 2012

CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICIPAL PE-TE-CA TURMA: PRÉ- ESCOLAR MATUTINO PROFESSORA: CARMI MEIRELLES PERÍODO DE REALIZAÇÃO: UM MÊS TEMA “Construindo brincadeiras e jogos de raciocínio lógico matemático’’ 1.Justificativa: A Matemática faz parte da vida, do dia-a-dia e coloca as crianças para pensar através de atividades que envolvem o seu cotidiano, as suas brincadeiras e a sua rotina. Ela é real e não abstrata como muitos pensam. Há muitos jogos que podem ser feitos para trabalhar com a Matemática o mais importante é usar a criatividade, adaptar, criar, pois renovar é essencial na vida de qualquer ser humano, trabalhar com ela requer raciocínio e criatividade. 2.Objetivo: Desenvolver o raciocínio lógico matemático estabelecendo relações entre conceitos numéricos, ordem numéricas, através de expressão verbal, gráfica e jogos matemáticos, desenvolvendo o raciocínio e a criatividade. 3.Objetivos específicos Vivenciar situações onde o uso e a prática social da matemática estejam presentes; desenvolvendo o raciocínio e criatividade. Ajudar a criança a planejar, relacionar, comparar, classificar e contar; para que ela amplie seus conceitos numéricos. Ampliar o repertório de situações didáticas propostas pelos professores usando como atividades: jogos, literatura infantil, brincadeiras infantis (parlendas e cantigas), situações-problema e confecção de jogos. Onde ela estabeleça relações matemáticas através das expressões orais e gráficas. Construir jogos matemáticos e brincadeiras que envolvam números a ordem numérica, a contagem, grandezas e quantidade. 4.Conteúdo: Seqüência numérica, Identificação do numeral, Noção de quantidade Relação número e unidade. 5.Problematização: Como desenvolver o raciocínio lógico matemático e estabelecer relações entre conceitos numéricos, ordem numéricas, através de expressão verbal, gráfica e jogos matemáticos, desenvolvendo o raciocínio e a criatividade? 6.Pratica social inicial: As crianças demonstram curiosidade em relação aos números, conhecem alguns números e já contam, porém alguma não tem seqüência e não conseguem ainda fazer relação de quantidade. 7.Instrumentalização: Utilizar material reciclável para construir jogos matemáticos e brincadeiras que envolvam números a ordem numérica, a contagem, grandezas e quantidade. Desenvolvendo o raciocínio e a criatividade. Desenvolver técnicas artísticas que auxiliem as crianças nas suas produções e na relação dos números com o registro da ordem numérica, ampliando seus conceitos numéricos. Utilizando de diferentes jogos e brincadeiras desenvolver o raciocínio lógico, bem como a ordenação numérica. 8.Avaliação: Espera-se que as crianças atinjam os objetivos propostos e demonstrem ao longo do processo, com registros e manifestações, se houve a elaboração e execução da construção de jogos matemáticos e brincadeiras que envolvam números, ordem numérica,a contagem, grandezas e quantidade. 9.Prática social final: Algumas crianças conseguiram fazer a contagem numérica em seqüência observadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICIPAL PE-TE-CA TURMA: PRÉ- ESCOLAR MATUTINO PROFESSORA: CARMI MEIRELLES PERÍODO DE REALIZAÇÃO: UM MÊS TEMA “Construindo brincadeiras e jogos de raciocínio lógico matemático’’ 1.Justificativa: A Matemática faz parte da vida, do dia-a-dia e coloca as crianças para pensar através de atividades que envolvem o seu cotidiano, as suas brincadeiras e a sua rotina. Ela é real e não abstrata como muitos pensam. Há muitos jogos que podem ser feitos para trabalhar com a Matemática o mais importante é usar a criatividade, adaptar, criar, pois renovar é essencial na vida de qualquer ser humano, trabalhar com ela requer raciocínio e criatividade. 2.Objetivo: Desenvolver o raciocínio lógico matemático estabelecendo relações entre conceitos numéricos, ordem numéricas, através de expressão verbal, gráfica e jogos matemáticos, desenvolvendo o raciocínio e a criatividade. “Construindo brincadeiras e Jogos de raciocínio lógico matemático




CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICIPAL PE-TE-CA
TURMA: PRÉ- ESCOLAR MATUTINO
PROFESSORA: LUCIA MISSEL
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: UM MÊS

TEMA “Construindo brincadeiras e jogos de raciocínio lógico matemático’’
  1. Justificativa:
A Matemática faz parte da vida, do dia-a-dia e coloca as crianças para pensar através de atividades que envolvem o seu cotidiano, as suas brincadeiras e a sua rotina. Ela é real e não abstrata como muitos pensam. Há muitos jogos que podem ser feitos para trabalhar com a Matemática o mais importante é usar a criatividade, adaptar, criar, pois renovar é essencial na vida de qualquer ser humano, trabalhar com ela requer raciocínio e criatividade.
  1. Objetivo:
Desenvolver o raciocínio lógico matemático estabelecendo relações entre conceitos numéricos, ordem numéricas, através de expressão verbal, gráfica e jogos matemáticos, desenvolvendo o raciocínio e a criatividade.
  1. Objetivos específicosrvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.
    • Vivenciar situações onde o uso e a prática social da matemática estejam presentes; desenvolvendo o raciocínio e criatividade.
    • Ajudar a criança a planejar, relacionar, comparar, classificar e contar; para que ela amplie seus conceitos numéricos.
    • Ampliar o repertório de situações didáticas propostas pelos professores usando como atividades: jogos, literatura infantil, brincadeiras infantis (parlendas e cantigas), situações-problema e confecção de jogos. Onde ela estabeleça relações matemáticas através das expressões orais e gráficas.
    • Construir jogos matemáticos e brincadeiras que envolvam números a ordem numérica, a contagem, grandezas e quantidade.
  2. Conteúdo:
  • Seqüência numérica,
  • Identificação do numeral,rvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.
  • Noção de quantidade
  • Relação número e unidade.


  1. Problematização:
Como desenvolver o raciocínio lógico matemático e estabelecer relações entre conceitos numéricos, ordem numéricas, através de expressão verbal, gráfica e jogos matemáticos, desenvolvendo o raciocínio e a criatividade?
  1. Pratica social inicial:
As crianças demonstram curiosidade em relação aos números, conhecem alguns números e já contam, porém alguma não tem seqüênrvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.cia e não conseguem ainda fazer relação de quantidade.


  1. Instrumentalização:
    • Utilizar material reciclável para construir jogos matemáticos e brincadeiras que envolvam números a ordem numérica, a contagem, grandezas e quantidade. Desenvolvendo o raciocínio e a crvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.rvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.riatividade.
    • Desenvolver técnicas artísticas qrvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relaçãrvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.o com quantidades.ue auxiliem as crianças nas suas produções e na relação dos números com o registro da ordem numérica, ampliando seus conceitos numéricos.
    • Utilizando de diferentes jogos e brincadeiras desenvolver o raciocínio lógico, bem como a ordenação numérica.
  2. Avaliação:
Espera-se que as crianças atinjam os objetivos propostos e demonstrem ao longo do processo, com registros e manifestações, se houve a elaboração e execução da construção de jogos matemáticos e brincadeiras que envolvam números, ordem numérica,a contagem, grandezas e quantidade.


  1. Prática social final:rvadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.
Algumas crianças conseguiram fazer a contagem numérica em seqüência observadas nos jogos e brincadeiras, bem, como na sua contagem oral fazendo relação com quantidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postar um comentário